Terezinha Ana Santos Souza

No apogeu da mineração já em caráter litúrgico, com o chamado Barroco Mineiro, surge na Capitania das Minas Gerais, o Padre José Maurício. A música religiosa da catequese, abrilhantou com apreciável produção o fausto de vida que na época da mineração então se levava.
São três os momentos, política e artisticamente entrelaçados, da música brasileira: Colônia, Império e República.
Carlos Gomes é situado, com grande esplendor, como fruto musical da Idade Média brasileira, e pelas obras, prenunciador de próxima e vital Renascença.
A idéia de um idioma nacional na música brasileira que a exprima, não deixa de surpreender. É a grandeza do talento dos artistas e Carlos Gomes é o maior deles, da época Imperial.

Terezinha Ana dos Santos Souza - Diplomada em piano pelo Instituto Musical de S. Paulo, e Canto Orfeônico pelo Conservatório Paulista, em 1954 - ano do 4º centenário de São Paulo, sendo diretor o Maestro João Batista Julião. Licenciada em Pedagogia pela Faculdade Integrada de Marília, SP, com Especialização em Orientação Educacional.

 

 


clique aqui para conhecer mais sobre Carlos Gomes

 

 


Carlos Gomes
(1836 - 1876
)